Contactos

segunda 09h00 - 18h00
terça 09h00 - 18h00
quarta 09h00 - 18h00
quinta 09h00 - 18h00
sexta 09h00 - 18h00
sábado 09h00 - 14h00
domingo Fechado

É normal ter dúvidas

No fundo no nariz existe uma zona que se chama Rinofaringe, onde se encontram os orifícios das trompas de Eustáquio, os canais que ligam o nariz ao ouvido, e que na criança pequena, são mais curtos e horizontais. 

Durante uma infecção respiratória ou numa crise de alergia, o nariz fica frequentemente congestionado, com aumento de produção de secreções. Secreções essas que se acumulam e estagnam na rinofaringe, aumentando o risco de otite, pois os ouvidos deixam de ventilar normalmente e pela anatomia da criança, os microorganismos (vírus e bactérias) têm um acesso mais rápido ao ouvido.

A lavagem nasal com soro fisiológico vai remover este excesso de secreções, assim como impurezas, microorganismos ou alergéneos, que estão a impedir a correcta respiração pelo nariz. Realizada de forma suave e consistente, na direcção certa e com a criança bem posicionada, a lavagem nasal traz inúmeros benefícios para a sua saúde. E por isso é tão importante ela fazer parte da rotina da criança.

O risco de otite surge quando a técnica é mal executada ou realizada com demasiada pressão.

Caso surjam dúvidas sobre a melhor técnica ou a regularidade das lavagens, estamos aqui para ajudar!

Texto com a colaboração da Dra. Alexandra Jerónimo @dra.alexandrajeronimo

A lavagem nasal deve ser feita com seringa e soro fisiológico e deve ser incluída na rotina de higiene das crianças. Deve ser realizada todos os dias, de manhã ao acordar e antes de deitar.
Em crianças que frequentam infantário, a lavagem nasal é ainda mais importante por passarem grande parte do seu dia num ambiente propício à transmissão de viroses.

As seringas utilizadas para as lavagens nasais são as normais, sem agulha, de 10ml ou para os mais pequenos de 5ml.

Não existe número máximo de vezes que deve lavar o nariz ao seu filho, apenas deve lavar pelo menos 2 vezes por dia.

No entanto, quando o seu filho apresentar sinais de desconforto respiratório e produção excessiva de ranho, deve aumentar o número de lavagens nasais, para que as vias respiratórias do seu filho fiquem desimpedidas e ele possa respirar melhor.

As lavagens nasais devem ser feitas sempre com soro fisiológico e nunca com água, seja ela engarrafada da torneira ou do mar.

Os CINESITRAQUINAS estão disponíveis 24 horas por dia, sete dias por semana e estão à distância de uma chamada telefónica.

Caso o seu filho apresente muco nasal em excesso, tosse e farfalheira é altura de marcar um domicílio. Iremos a sua casa o mais rapidamente possível avaliar o seu bebé e dar início ao tratamento indicado, sem que seja necessário recorrer às urgências hospitalares.
Relembramos que a urgência hospitalar é o local que deve ser evitado, principalmente com bebés com pouco tempo de vida.

Caso haja uma infeção já instalada, como por exemplo uma bronquiolite, iremos reencaminhar então para as urgências ou para os pediatras.

Não deixe o estado do seu filho agravar-se para tomar medidas. Conte connosco.

A Cinesiterapia Respiratória não é dolorosa, nem causa qualquer dano ao seu filho.

No entanto, é uma prática física executada em crianças que estão cansadas da sua condição (tosse e noites mal dormidas, dificuldade em se alimentarem devido à obstrução, entre outras sintomatologias) e que apenas sabem comunicar através do choro.

O choro de um filho, incomoda sempre os pais que são mais sensíveis ao desconforto dos filhos, mas não passa disso. No final da sessão o seu filho ficará bem-disposto e a respirar bem melhor.

Enfermeiro Carlos Cinesitraquinas bebé feliz

Sempre disponíveis para a sua família!

© 2023 Todos os Direitos Reservados. Design natacha.pt.